Atualização de regulamentos sobre o uso e instalação de desfibriladores em Aragón

A comunidade de Aragão atualiza os regulamentos sobre a instalação e uso de desfibriladores externos, recomendando e obrigando a instalação de desfibriladores públicos e privados em espaços como 

centros comerciais, aeroportos, estações ferroviárias e rodoviárias, escolas e centros educativos, áreas desportivas e piscinas, exige a existência de desfibrilhador em empresas, espaços públicos, residências geriátricas e hotéis, nesta atualização da norma devem também possuir desfibrilhador em veículos da polícia local.

 

Novo Decreto 30/2019 que regulamenta a instalação e uso de desfibriladores em Aragão

 

já entrou em vigor em 30 Decreto / 2019 de 12 2019 fevereiro, decreto do Governo de Aragão com a actualização das regras de desfibriladores públicas e privadas, o decreto com o uso de desfibriladores automáticos (DEAs) é regulado fora da área de saúde em toda a comunidade de Aragão. Este decreto revoga o anterior e acrescenta algumas obrigações do anterior.
O objeto permanece para regular as exigências para a instalação de desfibriladores fora do campo sanitário, para marcar o procedimento de comunicação de sua instalação, bem como os requisitos para o uso dos mesmos e o credenciamento das entidades formadoras.

 

O novo regulamento da Aragon enfatiza a importância do treinamento para o uso de desfibriladores

Esta regra se estende em relação ao acima, os perfis daqueles que são treinados para usar DAE, acrescentando à lista, além de médicos e enfermeiros que têm o diploma técnico em emergências ou série de unidades de saúde evidenciando treinamento de habilidades em lidar com tal equipamento, bem como o pessoal não-médicos treinados em SBV e DAE entidades acreditadas, seguindo o programa estabelecido pelo próprio decreto.

Quanto à formação, mantém características semelhantes às da norma anterior, conferindo como novidade maior importância à parte prática nas sessões tanto dos cursos iniciais quanto das subseqüentes renovações.

 

Espaços obrigatórios para desfibrilador na Comunidade de Aragão


O aspecto mais notório é encontrado na seção sobre instalação de desfibriladores, pois além de recomendar como decreto anterior, desta vez acrescenta uma série de espaços em que um desfibrilador será mandatório.

Alguns desses espaços são:

  • Grandes áreas comerciais com mais metros quadrados 2500.
  • Os aeroportos.
  • Estações de trem e ônibus localizadas em cidades com mais de 25000 habitantes.
  • Os centros educativos, áreas desportivas e piscinas com mais de 300 pessoas de capacidade,
  • Locais de trabalho com mais de 250 trabalhadores.
  • Centros públicos com capacidade superior a pessoas 500.
  • Residências com mais de 200 camas.
  • Hotéis em 100.
  • Patrulhas policiais locais.

Por fim, esclarece os detalhes da documentação a ser entregue para registro da instalação de um novo desfibrilador ou modificação de um existente, e acrescenta alguns detalhes como a localização em local visível e acessível, a sinalização do desfibrilador, etc. Além de também se referir a desfibriladores que ficam em vias públicas ou em veículos.

Em suma, este decreto é um passo na corrida contra parada cardíaca da Comunidade Autónoma de Aragão, que continua a expandir o regulamento anterior para adicionar aspectos que não aparecem acima ou aperfeiçoar os já existentes para continuar a luta pela protecção cardíaca.

BAIXAR REGULAMENTOS que regulam o uso de desfibriladores externos automatizados em Aragão

 


impressão   Correio eletrônico